jaunty jackalope

ubuntu_kubuntuNeste momento encontro-me com um grande dilema “operativo”. Actualizei o Ubuntu que tenho instalado no portátil, em triplo arranque com o Windows Vista e o novo 7, para a versão 9.04 “Jaunty Jackalope”. Ainda é uma versão beta, pois a versão final é lançada no próximo dia 23 de Abril. Só vos posso dizer que está cada vez melhor! Adorei este novo sistema de notificações. Contudo, decidi esta noite experimentar também a nova versão do Kubuntu na máquina cá de casa e fiquei completamente deslumbrado com a beleza estética da versão 4.2.1 do KDE! Não tenho dúvidas ao afirmar que é superior a qualquer sistema operativo que a Apple lançou até hoje. Esta edição “Cream” do KDE não podia ser mais doce e atraente! Podem ver quais as principais novidades do Ubuntu clicando aqui e as do Kubuntu aqui. Até agora o único aspecto que considerei menos positivo é o sistema de ficheiros por defeito não ser o novo ext4, sendo que este é já suportado mas só pode ser usado se o utilizador efectuar a actualização do ext2 ou ext3 manualmente. O dilema a que me referia no início deste post é a difícil escolha entre continuar a ser fiel ao GNOME ou mudar-me de malas e bagagens para o visualmente assombroso e fantástico KDE. Qual é a vossa opinião?

Quem ainda não sabe o que é um Jackalope, a mascote desta nova versão, basta clicar aqui.

8 thoughts on “jaunty jackalope

  1. Boas,

    Estou tentado a experimentar quer o novo UBUNTU, quer também o KUBUNTU. A minha dúvida é a seguinte: será que posso instalar os 2 e corrê-los no mesmo PC, onde já se encontram o Windows XP e o Linux MINT? Na p´ratica ficaria com um quad-boot? Será viável?

    Abraço

  2. Aqui usa-se GNOME mas não sou utilizador fiel, muito pelo contrário mal o KDE venha empacotado na próxima versão do Mandriva digo adeus ao “gnomo”.

    Manuel, quad-boot? Já consegui uma coisa dessas, mas o melhor é instalar o Ubuntu e depois meter-lhe o KDE, ou o Kubuntu e depois instalar o GNOME, visto que o sistema é o mesmo não merece a pena fazer duas instalações. Nota que o “novo UBUNTU” não é novo no verdadeiro sentido, é digamos, uma versão de teste, pegas nele e vais dar uma volta a ver se gostas mas não instales que pode dar bronca, espera até sair a versão final.

  3. Obrigadíssimo, é por isto que trabalhamos… Mas ainda vai ficar muito melhor, agora no kde 4.2 estamos a trabalhar com o kinetic que vai permitir animações extremamente fluidas e a correrem em qq hardware.

  4. Só uma pergunta… porque é que nas imagens se usa embalagens tipicamente associadas com produtos Microsoft ? Só mesmo naquela🙂

  5. Tive exactamente o mesmo problema… A escolha entre o Gnome e o KDE está cada vez a ficar mais dificil… Para já continuarei com o Gnome, pois o gnome-do é uma ferramenta essencial…

  6. Já agora… será que nesta versão já conseguirei aceder às redes wireless através da minha placa INTEL? Utilizo o Linux MINT (juntamente com o Windows XP) pois esta distro já traz todos os drivers e mais alguns ao contrário do UBUNTU… nunca consegui ter net a correr no meu pc com UBUNTU…

  7. @Manuel
    Podes instalar o Ubuntu e o Kubuntu na mesma máquina. Para simplificar bastante o processo e dado que tens Windows já instalado podes utilizar o maravilhoso Wubi (http://wubi-installer.org/).

    @Miguel Guerreiro
    Obrigado pelos comentários!

    @nuno pinheiro
    Agradeço a tua visita e parabéns pelo trabalho realizado. Tens aqui um grande fã!

    @j.c.
    Utilizei as imagens em cima por diversas razões. A primeira, e a mais importante, é que este é o meu espaço e coloco as imagens associadas aos textos que bem entender. A segunda é que assim julgo transmitir de uma melhor forma que estes Sistemas Operativos são uma excelente opção ao generalizado Windows. A terceira, é que gostei bastante da ideia e elaboração das imagens.

    @phoenux
    Tens razão, o Do é fantástico! Mas como indica o Miguel Guerreiro podes utilizá-lo no ambiente KDE do Kubuntu.

    @Manuel
    Sinceramente, não te sei responder a essa questão. Mas porque não experimentas? Se não der podes desinstalar facilmente e continuares com o teu Linux Mint!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s