under the dome

Aproveito o tema literário do último post para divulgar que no próximo dia 10 de Novembro é publicado o novo trabalho do meu escritor preferido, Stephen King. O livro intitula-se “Under the Dome” e a história irá ser contada em mais de mil páginas. Como sempre, já estou a salivar pela data de lançamento e termino com uma breve descrição do romance.

On an entirely normal, beautiful fall day in Chester’s Mill, Maine, the town is inexplicably and suddenly sealed off from the rest of the world by an invisible force field. Planes crash into it and fall from the sky in flaming wreckage, a gardener’s hand is severed as "the dome" comes down on it, people running errands in the neighboring town are divided from their families, and cars explode on impact. No one can fathom what this barrier is, where it came from, and when — or if — it will go away.

Dale Barbara, Iraq vet and now a short-order cook, finds himself teamed with a few intrepid citizens — town newspaper owner Julia Shumway, a physician’s assistant at the hospital, a select-woman, and three brave kids. Against them stands Big Jim Rennie, a politician who will stop at nothing — even murder — to hold the reins of power, and his son, who is keeping a horrible secret in a dark pantry. But their main adversary is the Dome itself. Because time isn’t just short. It’s running out.

the lovely bones

the_lovely_bonesNo próximo mês de Dezembro estreia um dos filmes mais aguardados deste ano. Trata-se da adaptação do romance de Alice Sebold, “The Lovely Bones”, e é realizado por Peter Jackson. Li esta obra em 2002, o ano em que foi editada, e considero o casting para esta película o mais perfeito que poderia ter sido escolhido. A história é bastante intensa e as imagens disponibilizadas até agora do filme apresentam um óptimo aspecto, como podem comprovar através da página oficial. Contudo, sugiro a todos que antes de verem o filme que leiam a obra que o originou, pois é um daqueles trabalhos que só aparecem de tempos a tempos. Podem adquirir o livro aqui por 7,99 euros (oferta de portes de envio), ou caso prefiram a versão portuguesa a mesma intitula-se “Visto do Céu” e o preço ronda os 15 euros nas lojas no nosso país. Boa leitura!

the secret of monkey island: special edition

tsomi_seActualmente o tempo livre que tenho é muito pouco, logo precioso, e por esse motivo não o posso desperdiçar como antigamente com jogos. O único jogo que ainda corre de vez em quando aqui no computador é o absolutamente viciante, divertido e aliviador de stress “Battlefield Heroes”. Mas não pude deixar de experimentar uma nova e especial edição de um dos jogos que mais me apaixonou numa época completamente diferente, em que era possível jogar desde o acordar até ao deitar. A versão original de “The Secret of Monkey Island” foi lançada em 1990 e foi responsável por muitas horas de pura diversão e a versão melhorada encontra-se disponível desde o passado dia 15 de Julho, completamente carregada de toda a magia e nostalgia do jogo original. Uma sugestão claramente direccionada a todos os fãs desta série. Cliquem aqui!

moby | wait for me

moby_wait_for_meDurante esta noite estive a ouvir, pela primeira vez, o último trabalho de Moby. O álbum é composto por 16 faixas e foi lançado no passado dia 30 de Junho. Sou bastante suspeito para falar sobre Moby, pois fico completamente fascinado com quase todas as suas criações, por esse mesmo motivo partilho de seguida todas as faixas do álbum para ouvirem. Esta partilha é possível através do espantoso serviço SoundCloud, que descobri há alguns dias e vou falar num dos próximos posts. Sugiro também a visita à página oficial do artista, onde podem visualizar o vídeo de apresentação de “Wait For Me”, uma genial e divertida entrevista ao músico por… um cão! Ainda não absorvi todo o álbum, mas a música que serviu de primeiro single, “Shot in the Back of the Head”, continua a ser a minha preferida. Agora deitem-se, de preferência com as luzes apagadas, e desfrutem.

enso

ensoUma das coisas que também alterei foi o wallpaper do portátil para a imagem que vêm em cima. É da autoria de Islingt0ner e basicamente “enso” é a palavra japonesa que significa “círculo”. Também se encontra fortemente associado à ideologia Zen e é também o objecto mais comum da caligrafia japonesa. Simboliza iluminação, força, elegância, o universo e o vazio. Podem saber mais através da Wikipedia. A cor do fundo, o laranja, é aquela que considero ser a mais energética e positiva. Caso estejam interessados, podem fazer aqui o download do wallpaper para várias resoluções de ecrã.

elementary, my dear watson

Como podem ver estou de regresso a este espaço, após um pequeno período de ausência devido a trabalho, casamento de uma amiga, viagem a Londres, mini-férias, entre outras coisas… Estou numa fase de organização daquela que eu chamo a minha vida “não real” para que tenha mais tempo disponível para usufruir da “real”, que no fundo é aquela que realmente interessa. As actualizações de todos os meus espaços online vão começar devagarinho, enquanto arrumo todas as coisas da melhor forma possível, e depois retomarão a sua regularidade normal.

A primeira novidade já se encontra visível para os que não estão a ler este post através de feed RSS. Trata-se de uma mudança no tema que suportava este blogue. O “The Journalist” foi trocado pela mais recente novidade da equipa do WordPress, o refrescante “iNove”. Neste momento ainda se encontra numa fase de teste e estou a testar algumas modificações, mas se tudo correr bem será o visual deste espaço nos próximos tempos. Aproveito para vos pedir comentários sobre a vossa opinião relativamente a esta alteração no Nocturna.

Uma das alterações que também já efectuei foi a adesão à defesa de uma nova causa através do SocialVibe. Depois de alguns meses a apoiar a PETA agora é a vez de todos ajudar-mos a reunir apoios financeiros para a WWF (World Wildlife Fund). Basta clicar no banner que se encontra na barra do lado direito do blogue e seguir as instruções. O patrocinador continua a ser a cadeia televisiva Showtime.

As novidades irão continuar, espero que tenham sido muito felizes nos últimos tempos e só vos posso dizer que é bom estar de volta ao blogue.